Atividades Complementares

O Curso de Fonoaudiologia prevê em seu currículo a realização de atividades complementares para a formação dos alunos aprimorando sua formação acadêmica de acordo com as necessidades individuais. A proposta é fazer com que os alunos possam participar de atividades de ensino diferenciadas (monitoria), atividades de pesquisa, extensão e de inserção social e tenham essas ações incentivadas por meio da validação em atividades complementares obrigatórias.

Os objetivos das atividades complementares são: flexibilizar o currículo obrigatório, deixando-o aberto para abarcar determinada carga horária com atividades relevantes para os alunos e para o curso; reconhecer a prática de estudos e atividades independentes dos alunos no aprofundamento temático e multidisciplinar de sua formação; incentivar o envolvimento dos alunos no mundo acadêmico e do trabalho; aproximar o universitário da realidade social e profissional, bem como promover a integração entre a Universidade e a sociedade, por meio da participação do universitário em atividades que visem à formação profissional e à cidadania.

As atividades complementares têm carga horária mínima exigida de 72 horas/aula (60 horas) e estão divididas em quatro grupos. No Grupo I estão as atividades de iniciação à docência e à pesquisa (atividades de monitoria, iniciação à pesquisa, palestras proferidas, participação em grupo de pesquisa). No Grupo II está a participação em congressos, seminários, conferências, eventos ou atividades didáticas assistidas (participação em eventos científicos, bancas de qualificação e defesa de TCC, mestrado e doutorado, cursos realizados, aprovação em disciplinas não obrigatórias em áreas afins). No Grupo III estão as publicações e apresentações de trabalhos em eventos científicos (artigos científicos, resumos, trabalhos apresentados, premiação de desempenho acadêmico na UFSC, relatório final de pesquisa, demais premiações na área de Fonoaudiologia). E no Grupo IV considera-se a vivência profissional complementar e atividades de inserção social (estágios não obrigatórios, atividades de bolsa permanência, projetos de extensão, participação em comissões organizadoras, participação em atividades de inserção social).

A divisão das atividades complementares em grupos foi realizada com a finalidade de integrar aspectos de ensino/pesquisa/extensão à formação do aluno. Estas atividades deverão somar no mínimo 150 (cento e cinquenta) pontos, que serão equivalentes às 72 (setenta e duas) horas/aula (60 horas) exigidas na matriz curricular do Curso de Fonoaudiologia da UFSC. O número máximo de pontos em cada grupo deverá ser de 100 (cem) pontos, como forma de incentivar a diversidade de experiências.

As normas para orientar a integralização das 72 horas/aula de atividades complementares a serem cumpridas estão contidas no regulamento das Atividades Complementares, aprovado pelo Colegiado do Curso. Para que as horas sejam validadas, é necessário registrar as atividades complementares mediante requerimento à Coordenação do Curso, que deve ser acompanhado de documento que comprove a conclusão da atividade. A análise dessa documentação é realizada pela Comissão de Avaliação das Atividades Complementares. O registro e a entrega da documentação referente às atividades complementares devem ser feitos a partir da sexta fase do curso.

Anexos:
1- Regulamento Atividades Complementares – Aprovado em 07-08-2020
2- Anexo – Tabela Atividades Complementares – Aprovado em 07-08-2020
3- Instruções para preenchimento da Tabela de Atividades Complementares
4- Modelo de declaração de veracidade de informações